28/07 - Chapa 1, apoiada pela Fetec-CUT/CN, vence eleição na Previ com 67,7% dos votos válidos

Noticias | 28/07/2020 às 09:50:51 | por Administrador

Chapa é formada por associados comprometidos com as lutas em defesa dos direitos dos bancários, em defesa do Banco do Brasil público e do fortalecimento da Previ


(Atualizada às 19h53)

Com 67,7% dos votos válidos, a Chapa 1 Previ para o Associado, apoiada pela Federação dos Bancários do Centro-Norte (Fetec-CUT/CN), venceu a eleição na Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil (Previ), encerrada nesta segunda-feira 27. A Chapa 2 alcançou 32,3% dos votos válidos.

A eleição, iniciada no dia 13 de julho, renova a Diretoria de Seguridade e parte do Conselho Deliberativo, do Conselho Fiscal e dos conselhos consultivos do Plano 1 e do Previ Futuro.

A votação final ficou assim:
Chapa 1: 64.886 votos (58,14% do total e 67,7% dos votos válidos).
Chapa 2: 30.948 votos (27,73% do total e 32,3% dos válidos).
Brancos: 5.978 votos (5,39%).
Nulos: 9.787 votos (8,77%).
Total de votantes: 111.585.

“Os associados da Previ estão de parabéns por que a vitória da Chapa 1 é a garantia de que nosso fundo de pensão continuará no rumo certo, garantindo solidez e tranquilidade na aposentadoria dos funcionários do Banco do Brasil”, comemora Cleiton dos Santos, presidente da Fetec-CUT/CN, que é funcionário do BB e associado da Previ.  

“Como dissemos na campanha, a Chapa 1 é formada por lideranças reconhecidamente comprometidas com as lutas das entidades representativas em defesa dos direitos dos funcionários do BB, em defesa do Banco do Brasil público e do fortalecimento da Previ. Esses compromissos são imprescindíveis na conjuntura extremamente adversa que enfrentamos, com ataques diretos aos trabalhadores, ameaças de privatização do BB e olho gordo do mercado nos investimentos da Previ”, acrescenta Cleiton.

A Previ é o maior fundo de pensão da América Latina e uma história de sucesso dos funcionários do Banco do Brasil. Graças principalmente ao modelo de governança, onde os associados têm participação fundamental na fiscalização e na gestão, que se tornou paradigma para o sistema de previdência complementar.

“Ninguém administra melhor um fundo de pensão do que seus próprios associados”, conclui o presidente da Fetec-CUT/CN.

Conheça aqui os novos dirigentes eleitos da Previ.


Fonte: Fetec-CUT/CN